DÍZIMO E OFERTA: ALGUMAS REFERÊNCIAS BÍBLICAS SOBRE O ASSUNTO.

O assunto dízimo e oferta é muito amplo para que possamos em uma única postagem falar tudo sobre o tema, razão pela qual criamos o Blog O jugo do Dízimo. Neste artigo queremos apenas citar alguns textos bíblicos sobre o assunto, mas que com certeza não vai esgotar a análise do tema em questão. Mas basta procurar neste site que com certeza irá encontrar um artigo específico para sua dúvida, pois estamos procurando esgotar todas as questões.

dízimo-e-oferta

DÍZIMO E OFERTA: CITAÇÕES BÍBLICAS.

1) Genesis: 14:20, “E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E ele [Abrão] deu-lhe [Melquisedeque, rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, Versículo 18] o dízimo de tudo [todos os bens de guerra, Versículo 16]”. (versão Almeida Corrigida e Revisada Fiel).

Lemos novamente deste mesmo evento no livro de Hebreus:

2) Hebreus cap. 7: 1-10, “(1)Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; (2) A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz; (3) Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre. (4) Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos. (5) E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.  (6) Mas aquele, cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou o que tinha as promessas. (7) Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior. (8) E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.  (9) E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos. (10) Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro.

LIÇÕES A SEREM APRENDIDAS SOBRE DÍZIMO E OFERTA 

Photo of a Collection PlateHá uma série de coisas que podemos aprender a respeito da mensagem de dízimo e oferta sobre estes textos das Escrituras. Nesse sentido, a primeira menção do dízimo na Bíblia, Abraão dá a Melquisedeque (um sacerdote de Deus, que também foi o rei da cidade de Salem) o dízimo do melhor dos despojos tomados na guerra. 

1) Note-se que este foi não trigo, milho, vinho, azeite, ou gado de bens pessoais de Abrão, mas sim dos despojos de guerra tirado de nações conquistadas.

2) Não há nada afirmado nestes textos bíblicos que poderia nos levar a concluir que Abrão (mais tarde mudado para Abraão) já teria dizimado de uma forma regular de suas próprias posses pessoais Embora Abraão deu a Melquisedeque o dízimo dos despojos de guerra, ele disse ao rei de Sodoma que não tomaria nada daquilo para si mesmo. 

3) Alguns estudiosos cristãos afirmam que o dízimo dos despojos de guerra de Abraão era anterior à Lei de Moisés, e, portanto, o dízimo ainda é obrigatório para os cristãos, porque Abraão era anterior à Lei de Moisés. Será isso verdade? 

4) Muitos líderes cristãos ensinam que esta passagem da Escritura é a primeira prova da Palavra de Deus de que os cristãos devem dar o dízimo dos seus ganhos para a igreja. Mas vamos verificar o que nós realmente aprendemos com estas Escrituras sobre este evento da história bíblica. 

5) Abraão foi para a guerra para resgatar seu sobrinho Ló. Ele, então, deu 10% destes despojos de guerra a Melquisedeque, e permitiu Sodoma ficar com 90%, enquanto ele (Abraão) não ficou com NADA! 

Agora, gostaria que alguém pudesse explicar como um evento único nunca mais repetido nas escrituras possa ser a prova bíblica de que os cristãos devem dar 10% de seus salários mensais (não os despojos de guerra, mas de seu dinheiro e de seus salários), não uma, mas ano após ano para Líderes das Igrejas que se dizem ministros de Jesus Cristo.  Fica esta indagação para cada um de nós responder essas indagações sobre dízimo e oferta.

Abraço e até o próximo artigo.

irineudsf

Website: